×
Utilize aspas para busca exata.

Política de Cookies

Lorem ipsum dolor sit amet, consetetur sadipscing elitr, sed diam nonumy eirmod tempor invidunt ut labore et dolore magna aliquyam erat, sed diam voluptua. At vero eos et accusam et justo duo dolores et ea rebum. Stet clita kasd gubergren, no sea takimata sanctus est Lorem ipsum dolor sit amet. Lorem ipsum dolor sit amet, consetetur sadipscing elitr, sed diam nonumy eirmod tempor invidunt ut labore et dolore magna aliquyam erat, sed diam voluptua. At vero eos et accusam et justo duo dolores et ea rebum. Stet clita kasd gubergren, no sea takimata sanctus est Lorem ipsum dolor sit amet.

Lorem ipsum dolor sit amet, consetetur sadipscing elitr, sed diam nonumy eirmod tempor invidunt ut labore et dolore magna aliquyam erat, sed diam voluptua. At vero eos et accusam et justo duo dolores et ea rebum. Stet clita kasd gubergren, no sea takimata sanctus est Lorem ipsum dolor sit amet.

fechar

Política de Privacidade

fechar

Política de Uso de Dados

fechar

Notícias

Abrir Filtros

ACIB discute saneamento básico de Blumenau

ACIB discute saneamento básico de Blumenau

A Associação Empresarial de Blumenau (ACIB) recebeu na reunião desta segunda-feira (25/7), o gerente da unidade da BRK Ambiental de Blumenau, Francisco Ricardo Wessner Padilha. O tema da conversa foi a situação do saneamento básico da cidade.

A concessionária assumiu os serviços de tratamento de esgoto de Blumenau, em 2010. De acordo com os dados apresentados, atualmente 47% da população tem esgoto tratado e o objetivo da BRK é atender 90% da área do município. Os investimentos já realizados passam de R$ 300 milhões. 

Com relação às melhorias de infraestrutura, a BRK explicou que desde 2019, estão ocorrendo obras nos bairros Itoupava Norte, Velha e Glória. A previsão é de que estejam concluídas ainda neste ano. Para os próximos dois anos, as obras serão focadas no bairro Escola Agrícola e na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da Itoupava Norte. Assim, o projeto da BRK, que prevê três estações para a cidade, estará concluído. Atualmente as ETEs do Garcia e da Fortaleza estão em operação.

Diariamente são tratados na cidade cerca de 20 milhões de litros de esgoto e já é possível ver ganhos no meio ambiente. “Hoje temos o Índice de Qualidade das Águas (IQA), onde coletamos trimestralmente água dos rios em 25 pontos e analisamos. Os dados mostram que tivemos melhoria de 87% da qualidade das águas, após as ligações de esgoto”, explica Francisco.

Para o presidente da ACIB, Renato Medeiros, hoje a cidade de Blumenau está em um bom caminho no que diz respeito ao saneamento básico. Ele acredita que haveria melhora se houvesse a criação da região metropolitana, pois o tratamento das demais cidades do Vale seria viabilizado. “Ficaria atraente para as empresas de tratamento de esgoto, pois em cidades pequenas a concessão do serviço é economicamente inviável”, finaliza.

Compartilhe: