×
Utilize aspas para busca exata.

Política de Cookies

Lorem ipsum dolor sit amet, consetetur sadipscing elitr, sed diam nonumy eirmod tempor invidunt ut labore et dolore magna aliquyam erat, sed diam voluptua. At vero eos et accusam et justo duo dolores et ea rebum. Stet clita kasd gubergren, no sea takimata sanctus est Lorem ipsum dolor sit amet. Lorem ipsum dolor sit amet, consetetur sadipscing elitr, sed diam nonumy eirmod tempor invidunt ut labore et dolore magna aliquyam erat, sed diam voluptua. At vero eos et accusam et justo duo dolores et ea rebum. Stet clita kasd gubergren, no sea takimata sanctus est Lorem ipsum dolor sit amet.

Lorem ipsum dolor sit amet, consetetur sadipscing elitr, sed diam nonumy eirmod tempor invidunt ut labore et dolore magna aliquyam erat, sed diam voluptua. At vero eos et accusam et justo duo dolores et ea rebum. Stet clita kasd gubergren, no sea takimata sanctus est Lorem ipsum dolor sit amet.

fechar

Política de Privacidade

fechar

Política de Uso de Dados

fechar

Notícias

Abrir Filtros

Conselho Municipal de Contribuintes é apresentado na Acib

Conselho Municipal de Contribuintes é apresentado na Acib

O trabalho do Conselho Municipal de Contribuintes de Blumenau foi apresentado à diretoria da Acib nesta segunda-feira (28) pelo presidente do Conselho, Alan Vanzuiten. Composto por representantes da Prefeitura de Blumenau e membros de entidades empresariais como a própria Associação Empresarial de Blumenau (Acib), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e Associação das Micro e Pequenas Empresas (Ampe), o conselho tem como atribuições reexaminar decisões de primeira instância contrárias à Fazenda Pública, nos casos previstos pela Lei Complementar nº 632/2007, além de julgar recursos administrativos-tributários em segunda instância, tais como recurso ordinário, pedido de esclarecimento e pedido de reconsideração.

 

“Antes da criação do Conselho, qualquer pessoa que era a autuada por deixar de recolher algum tributo municipal deveria recorrer ao Judiciário. O Conselho do Contribuinte veio para buscar uma solução harmoniosa, dando celeridade ao processo e gerando economia, uma vez que não há custas judiciais”, explicou Vanzuiten.

Compartilhe: