×
Utilize aspas para busca exata.

Política de Cookies

Lorem ipsum dolor sit amet, consetetur sadipscing elitr, sed diam nonumy eirmod tempor invidunt ut labore et dolore magna aliquyam erat, sed diam voluptua. At vero eos et accusam et justo duo dolores et ea rebum. Stet clita kasd gubergren, no sea takimata sanctus est Lorem ipsum dolor sit amet. Lorem ipsum dolor sit amet, consetetur sadipscing elitr, sed diam nonumy eirmod tempor invidunt ut labore et dolore magna aliquyam erat, sed diam voluptua. At vero eos et accusam et justo duo dolores et ea rebum. Stet clita kasd gubergren, no sea takimata sanctus est Lorem ipsum dolor sit amet.

Lorem ipsum dolor sit amet, consetetur sadipscing elitr, sed diam nonumy eirmod tempor invidunt ut labore et dolore magna aliquyam erat, sed diam voluptua. At vero eos et accusam et justo duo dolores et ea rebum. Stet clita kasd gubergren, no sea takimata sanctus est Lorem ipsum dolor sit amet.

fechar

Política de Privacidade

fechar

Política de Uso de Dados

fechar

Notícias

Abrir Filtros

O ano em que o mundo não parou

O ano em que o mundo não parou

 

 

Avelino Lombardi, presidente da Acib.

 

Ao contrário do que muitos dizem, o mundo não parou em 2020. Pelo menos não para os empresários e empreendedores. Este foi, sem dúvida, um ano de muitos desafios, que tiraram da zona de conforto os que nela estavam. E, para aqueles que já estavam se movimentando, foi um ano que exigiu ainda mais esforço, criatividade e inovação.

 

Prova disso foi o salto de novos empreendimentos instalados em Santa Catarina em 2020. Segundo dados da Junta Comercial de Santa Catarina (Jucesc), vinculada à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE), houve um crescimento na retomada econômica e no índice de confiança do investidor. O Estado teve um saldo positivo de 344 novos empreendimentos nos dez primeiros meses do ano, com 74% a mais de empresas que aportaram em terras catarinenses do que as que migraram para outras regiões. Quando comparado ao mesmo período do ano passado, o número de abertura de empresas teve um crescimento de 14,4%.

 

O Índice de Atividade Econômica Regional (IBCR-SC), calculado pelo Banco Central, mostra que a economia catarinense cresceu 2,65% no período de janeiro a julho, ficando acima da média nacional, que foi de 0,78%. O varejo também teve alta significativa. A última Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostra que o setor manteve em setembro a tendência de recuperação e registrou crescimento de 11,5% na comparação com o mesmo período do ano anterior. Também um crescimento acima da média nacional, de 7,4%.

 

Os números falam por si, mostrando que as empresas buscaram alternativas para driblar a crise provocada pela pandemia, e conseguiram alcançar resultados significativos. Vimos essa capacidade de reinvenção e ressignificação todos os dias na Acib, acompanhando o dia-a-dia das empresas. Na própria entidade, buscamos apoiar ainda mais os empresários neste ano e tivemos participação efetiva nas discussões políticas da cidade. Conversamos com presidentes de partidos e candidatos a prefeito para conhecer as plataformas eleitorais. Promovemos diversas ações de orientação aos associados sobre legislação, gestão e captação de recursos. Conseguimos na Justiça a postergação de impostos para empresas associadas. Durante todo o ano de 2020, buscamos uma aproximação ainda maior com a classe empresarial, porque é nos momentos de dificuldade que precisamos nos unir ainda mais. Conseguimos superar, juntos, muitos dos percalços impostos pela pandemia neste ano. 

 

Seguiremos em 2021 com a mesma força de vontade e disposição para contribuir com setor produtivo da cidade e da região, gerando desenvolvimento econômico, emprego, renda e mais qualidade de vida para todos. Nosso propósito é ver Blumenau e Santa Catarina crescerem com consistência e qualidade. E nós, da Acib, estaremos sempre ao lado do empreendedor, peça fundamental para este crescimento.

 

Compartilhe: