×
Utilize aspas para busca exata.

Política de Cookies

Lorem ipsum dolor sit amet, consetetur sadipscing elitr, sed diam nonumy eirmod tempor invidunt ut labore et dolore magna aliquyam erat, sed diam voluptua. At vero eos et accusam et justo duo dolores et ea rebum. Stet clita kasd gubergren, no sea takimata sanctus est Lorem ipsum dolor sit amet. Lorem ipsum dolor sit amet, consetetur sadipscing elitr, sed diam nonumy eirmod tempor invidunt ut labore et dolore magna aliquyam erat, sed diam voluptua. At vero eos et accusam et justo duo dolores et ea rebum. Stet clita kasd gubergren, no sea takimata sanctus est Lorem ipsum dolor sit amet.

Lorem ipsum dolor sit amet, consetetur sadipscing elitr, sed diam nonumy eirmod tempor invidunt ut labore et dolore magna aliquyam erat, sed diam voluptua. At vero eos et accusam et justo duo dolores et ea rebum. Stet clita kasd gubergren, no sea takimata sanctus est Lorem ipsum dolor sit amet.

fechar

Política de Privacidade

fechar

Política de Uso de Dados

fechar

Notícias

Abrir Filtros

Presidente da Câmara de Vereadores apresenta ações do primeiro semestre e ideias para a nova sede

Presidente da Câmara de Vereadores apresenta ações do primeiro semestre e ideias para a nova sede

O presidente da Câmara de Vereadores de Blumenau, Marcelo Lanzarin, participou da Reunião Conjunta do Conselho Deliberativo e Diretoria da Acib, nesta segunda-feira, 09. Ele abordou o papel da Casa e fez uma apresentação das ações empreendidas no primeiro semestre deste ano. Também apresentou o projeto para uma nova sede da Câmara.

 

Lanzarin mostrou os principais eixos do planejamento estratégico da mesa diretora para 2019/2020: tecnológico, de comunicação, de gestão administrativa e de investimentos. “Queremos fortalecer a identidade da Câmara como instituição”, destacou.

 

Dentro do eixo tecnológico, um dos principais ganhos já percebidos, segundo Lanzarin, é a eliminação do papel. “Todos os requerimentos à Prefeitura, por exemplo, são feitos de forma digital. Além disso, hoje o vereador tem o gabinete na palma da mão”, comentou, acrescentando que todos utilizam tablets para a gestão de suas atividades.

 

O novo sistema para o gerenciamento do processo legislativo, uma espécie de gabinete digital, permite o cadastro de proposição das matérias, como projetos de lei, requerimentos, indicações e moções. Ele também permite acompanhar a tramitação dos documentos até chegarem à análise em plenário. Documentos que antes eram encaminhados para prefeitura ou associações em papel, hoje são todos digitais. 

 

Além disso, está disponível um aplicativo (iOS e Android) para que a população possa acompanhar as ações da Câmara, onde é possível conhecer os projetos de lei, acompanhar tramitação das matérias e fiscalizar as atividades de cada vereador. Com uma ferramenta “GPS Legislativo”, o aplicativo permite ainda que se verifique no mapa da cidade onde os vereadores já fizeram indicações à Prefeitura, solicitando melhorias. A ferramenta apresenta o nome do vereador autor, qual foi o pedido de melhoria e permite o acompanhamento da tramitação da indicação.

 

Comunicação

 

Dentro do eixo de comunicação, está sendo desenvolvido um novo site, mais moderno e com foco no usuário, que, conforme explicou Lanzarin, está sendo feito por um servidor de carreira, sem custos adicionais para a casa. 

 

Além disso, está sendo feita uma reestruturação da TV Legislativa de Blumenau, com redução de 42% dos custos da estrutura. Também está sendo buscada a abertura do sinal. Outra ação envolve a contratação de uma agência de publicidade, que ainda está em com processo em andamento.

 

Administração

 

Na gestão administrativa, está sendo trabalhada a gestão de pessoas com foco nas competências; além da readequação da estrutura administrativa. A expectativa é que até 2020 todas as funções gratificadas da Câmara sejam substituída por “funções de competência”, com scores que serão definidos dentro de 25 critérios objetivos com o intuito de corrigir disparidades e promover economia.

 

Investimentos

 

No eixo de investimento, estão previstas a renovação da infraestrutura de TI e a revitalização do centro histórico de Blumenau junto com o projeto para nova sede do poder Legislativo.

 

“É importante que tenhamos nossa sede e por isso foram buscadas algumas alternativas. Nosso objetivo é concretizar isso sem utilizar os recursos de economia, somente o fundo que foi criado para este fim”, destacou Lanzarin.

 

A ideia é adquirir ou fazer uma permuta de um terreno em frente à Celesc, na Rua das Palmeiras, com uma previsão de execução da obra de 6 a 8 anos, com paradas para recuperação dos recursos do fundo.

 

Hoje, segundo Lanzarin, a reserva é de cerca de R$ 4 milhões. A ideia inicial seria usar R$ 2 milhões do fundo na primeira etapa da obra e retornar o restante para a Prefeitura para que faça uma licitação de um novo parque de convivência no Centro Histórico, em um total de 1,2 km de passeios para a comunidade.

 

Assista ao projeto da nova sede da Câmara de Vereadores de Blumenau.

 

Compartilhe: