ACIB recebe secretário do SETERB e discute transporte coletivo da cidade

ACIB recebe secretário do SETERB e discute transporte coletivo da cidade
14/03/2022

ACIB recebe secretário do SETERB e discute transporte coletivo da cidade

A diretoria da Associação Empresarial de Blumenau (ACIB) recebeu nesta segunda-feira (14/03) o secretário Municipal de Transporte e Trânsito (Seterb), Alexandro Fernandes. O principal assunto discutido foi a situação do transporte público da cidade.

Fernandes trouxe alguns números que apontaram que cerca de 65 mil pessoas usam o sistema diariamente na cidade, mensalmente são pelo menos 1,3 milhão. “Hoje nossa capacidade de atendimento é de 70 mil usuários por dia”, explica. Ele lembrou que antes da pandemia o número de pessoas que andavam de ônibus mensalmente em Blumenau era de 2 milhões, mas a queda na procura vem ocorrendo há quase uma década, quando o sistema já chegou a transportar 4 milhões de passageiros por mês.

Diante dos custos excessivos e da perda de usuários, a prefeitura passou a subsidiar parte da passagem da Blumob. Considerando todos os custos levantados para que se calcule a tarifa, o valor ficaria em R$ 6,49. Porém, como esse preço seria inviável diante da realidade atual, a prefeitura acaba pagando R$ 1,49 de cada passagem. Atualmente a tarifa custa R$ 5. “O município não precisaria subsidiar o sistema, são decisões que foram tomadas. Nós precisamos fazer o transporte funcionar”, justifica.

A diretoria enfatizou a necessidade de se ter um plano de ação efetivo para os próximos anos com foco na atratividade do transporte coletivo. “Se as pessoas não forem motivadas por um serviço de qualidade, logo o subsídio terá de ser muito maior, pois se percebe uma curva descendente”, opina o diretor Marciel Eder Costa. Outro ponto abordado foi o impacto que as empresas estão sentindo em demissões, pois as pessoas não querem mais trabalhar longe de casa para não ter que pegar ônibus.

Alexandro concordou que o setor tem muitos desafios e afirmou que estão trabalhando para contorna-los. Nos próximos dias, a frota irá ganhar entre oito e dez novos veículos (hoje são 159). “Nossa equipe técnica segue trabalhando para ampliar a oferta de troncais nos horários de pico”, argumenta. Outra melhoria programada para breve é a instalação de aparelhos de ar condicionado no Troncal 10. Se o projeto der certo, a promessa é de que seja estendido para outras linhas.

Cobradores
Atualmente, a Blumob tem cerca de 300 cobradores e a extinção dessa função é um assunto em discussão há cerca de 15 anos. Em Blumenau, uma lei protege a classe. Dados da prefeitura apontam que 15% do valor da passagem corresponde ao custo do cobrador, além disso, o número de pessoas que compram o passe dentro do ônibus é de cerca de 20% do total. Por isso, existe um movimento para essa lei seja revista.

“Já pedimos que a Blumob nos apresente um plano de demissão incentivada e um projeto de requalificação de mão de obra”, diz o secretário.
“Nossas empresas estão com falta de profissionais e essa mão de obra poderia ser absorvida facilmente”, avalia o presidente Renato Medeiros.

Pular para o conteúdo