Diretoria da ACIB e prefeitura discutem obras públicas

Diretoria da ACIB e prefeitura discutem obras públicas
12/04/2022

Diretoria da ACIB e prefeitura discutem obras públicas

A diretoria da Associação Empresarial de Blumenau (ACIB) recebeu nesta segunda-feira (11/04) o prefeito Mario Hildebrandt, a vice-prefeita Maria Regina Soar, o secretário de Obras, Michael Maiochi e o secretário de Planejamento Urbano, Eder Boron. O objetivo do encontro foi prestar contas sobre obras de infraestrutura importantes para a cidade e o que está previsto de investimento para os próximos anos. Os secretários informaram que hoje há cerca de R$ 500 milhões em projetos prontos na prefeitura.

O prefeito explicou que a expectativa é de que nos próximos cinco anos a cidade receba R$ 366 milhões em recursos do Governo do Estado, provenientes do Plano 1000 (plano lançado pelo governador Carlos Moisés e que pretende destinar R$ 1 mil por morador de cada cidade para a execução de obras). Pelas questões eleitorais, para que uma obra possa receber o financiamento ainda este ano, ela precisa ter as medições feitas até o fim de junho. Mario listou obras que entram no plano e as que serão financiadas por outros programas estaduais.

Pavimentação e alargamentos de ruas nos mais diversos bairros, pontes, melhorias em unidades de saúde, revitalização da pista do Aeroporto Quero-quero e a implantação de 90 faixas elevadas estão no pacote. A prefeitura também está em busca de recursos para viabilizar a construção da torre do Hospital Santo Antônio. A obra irá contemplar um heliponto e a ampliação do pronto atendimento.

Mario sugeriu que a ACIB convidasse outros secretários para que a associação conheça o que está sendo fazendo em outras áreas. “Nossa entidade está sempre de portas abertas”, finalizou o presidente Renato Medeiros.

Municipalização do Sesi
O presidente Renato Medeiros comentou que há uma pressão pela Municipalização do Sesi, projeto comentado pelo prefeito. “A área do Sesi tem cerca de 580 mil m² e ela pertence ao município. No passado ela foi cedida à Fiesc para a construção do complexo. Agora, a proposta da prefeitura é indenizar as benfeitorias e assumir a área. Porém, só vamos levar o projeto adiante quando houver recursos para arcar com os custos da municipalização”, explica. O valor não foi revelado.
“A comunidade precisa se unir para opinar sobre o melhor destino ao espaço. O local deveria receber uma arena multiuso com espaço para eventos esportivos e shows”, opina Renato.

Investimento no Turismo
Após a polêmica sobre a criação de um evento de Páscoa em Blumenau, o prefeito explicou que ou “investimos ou ficamos para trás”. “Blumenau precisa se reposicionar como uma cidade turística e aproveitar a força da marca. Nós decidimos pelo turismo de Páscoa, Natal, ano-novo, eventos e esporte. Não queremos ser concorrentes de ninguém e por isso estamos trabalhando para integrar os calendários com Pomerode”, explica.
Além disso, ele informou que a agência de turismo CVC está criando um roteiro que contemple o Planalto, Vale Europeu e Parque Beto Carreiro, o que vai fomentar ainda mais o turismo da região. A diretoria demonstrou apoio às iniciativas que fortalecem o turismo da cidade.

Outras obras apresentadas:
– Margem Esquerda e revitalização da rua 15, transversais e antigo porto.
– Implantação do Parque do Garcia.
– Construção do novo Centro de Convenções.
– Investimentos no Hospital Santa Isabel.
– Pavimentação das ruas Erwin Manzke e Wunderwald.
– Municipalização da SC-108.
– Construção do Terminal Norte.

Pular para o conteúdo