Entidades filantrópicas de Blumenau apresentam à Acib projeto para aquisição de nova sede

Entidades filantrópicas de Blumenau apresentam à Acib projeto para aquisição de nova sede
23/11/2021

Entidades filantrópicas de Blumenau apresentam à Acib projeto para aquisição de nova sede

A Associação Blumenauense Amigos dos Deficientes Auditivos (ABADA), em conjunto com a Casa Apoio a Pessoas com Câncer e Mielomelingocele e Trapamédicos se reuniram na última segunda-feira (22), com a Diretoria da Associação Empresarial de Blumenau (ACIB) para apresentar projeto de viabilização de recursos para a construção da nova sede.

De acordo com o presidente da ABADA, Denio Alexandre Scottini, o novo local será chamado de CASA – Casa, AmorSaúde, e será localizado no bairro da Velha. Concentrará três entidades filantrópicas para facilitar, unir recursos e otimizar esforços e custos com a obra. “Já contratamos a obra e o valor total é de R$5 milhões. Até o momento já temos R$900 mil”.

“A nova sede contará com três andares, além da sede de cada entidade. Brechó, auditório, área de confraternização, estacionamento e três salas para locação de salas comerciais”, explicou.

O presidente da Acib, Renato Medeiros, reforçou a importância da existência dessas entidades na região. “A atuação dessas entidades é muito importante tanto para as famílias e pessoas envolvidas quanto às empresas e sociedade em geral. São entidades que realizam um importante trabalho na região e que impactam todos que conhecem suas atuações”.

Sobre as entidades

A Associação Blumenauense Amigos dos Deficientes Auditivos (ABADA) foi fundada em abril de 1989 com a intenção de atender os deficientes auditivos de Blumenau e região, além de oferecer melhores condições dentro do aspecto social, educacional e profissional para estas pessoas. Atualmente são cerca de sete mil pessoas atendidas pela instituição.

A Casa de Apoio completou 18 anos em abril deste ano. Em 2003 o projeto foi idealizado com o objetivo de garantir um tratamento adequado para crianças e adolescentes com câncer infantil, paralisia cerebral, mielomeningocele e síndromes raras. Atualmente, a Casa de Apoio atende cerca de 400 pessoas por mês de Blumenau e do Vale do Itajaí.

Já o Trapamédicos foi criado há 15 anos com o intuito de transformar o ambiente hospitalar. Vestidos de palhaços, os integrantes dos grupos encantam adultos e crianças fazendo visitas nos hospitais de Blumenau (Hospital Santa Isabel, Hospital Santa Catarina, Hospital Santo Antônio), Casa de Repouso São Simeão e Clínica Renal Vida. A estimativa da entidade é de que mais de 57 mil pessoas foram impactadas pelos voluntários desde a criação do projeto.

Pular para o conteúdo