Núcleo de Energias Renováveis quer estimular uso desse tipo de energia com abatimento de IPTU

Núcleo de Energias Renováveis quer estimular uso desse tipo de energia com abatimento de IPTU
10/04/2018

Núcleo de Energias Renováveis quer estimular uso desse tipo de energia com abatimento de IPTU

Um projeto de lei pode isentar do pagamento de parte IPTU quem investir em energias renováveis. A ideia foi apresentada à diretoria da Acib nesta segunda-feira (9), pelo coordenador do Núcleo de Energias Renováveis da entidade, Lucas Adolf Prinz. O projeto foi desenhado pelo núcleo com o apoio do vereador Sylvio Zimmermann. De acordo com a proposta, será possível isentar em até 80% o pagamento do IPTU para empresas ou residências que supram 100% da sua necessidade total de energia com energias renováveis.

Entre os benefícios do estímulo à produção e utilização desse tipo de energia, Prinz ressaltou: “Estimativas apontam que são gerados cerca de 30 empregos diretos a cada 1MW de energia renovável instalado. A arrecadação de impostos é outro benefício. A cada R$ 100 mil faturado, é pago R$ 9.750 de impostos pelas empresas instaladoras. O ISS direto para Blumenau seria de R$ 800,00”. O aquecimento da economia e atração de empresas também são benefícios esperados.

Segundo Prinz, o tempo médio de retorno do investimento é estimado em cinco anos. Para uma casa com quatro moradores, por exemplo, o investimento inicial é em torno de R$ 15 mil. A próxima etapa será discutir junto à Prefeitura as regras para a isenção. Depois, o vereador Sylvio Zimmermann apresentará um anteprojeto de lei ao Executivo, que, posteriormente, envia em forma de projeto de lei para a Câmara Municipal analisar e votar.

Pular para o conteúdo