Núcleo de Gestão Ambiental da Acib alerta para descarte correto de resíduos em casos de isolamento por suspeita ou contaminação por Covid-19

Núcleo de Gestão Ambiental da Acib alerta para descarte correto de resíduos em casos de isolamento por suspeita ou contaminação por Covid-19
20/08/2020

Núcleo de Gestão Ambiental da Acib alerta para descarte correto de resíduos em casos de isolamento por suspeita ou contaminação por Covid-19

Uma das áreas impactadas pela pandemia do Covid-19 foi a gestão de resíduos. Não apenas porque as pessoas estão ficando mais em casa e passaram a produzir mais resíduos, mas também porque é preciso lidar com esse tipo de material contaminado de quem contraiu a doença e está em isolamento domiciliar. O Núcleo de Gestão Ambiental da Acib tem debatido o tema em suas reuniões, preocupado com transmissão para os trabalhadores do serviço de coleta, já que o lixo contaminado pode apresentar riscos para quem o manuseia.

A gestão de resíduos de pessoas em isolamento domiciliar com suspeita ou confirmação de infecção pelo Covid-19 deve, portanto, seguir algumas recomendações, visando garantir a proteção contra a disseminação da doença, tais como:

  • colocar os resíduos separados em sacos de lixo feitos de material resistente a ruptura ou vazamento e impermeáveis;
  • fechar com lacre ou, caso não seja possível, com um nó quando o saco estiver com até 2/3 de sua capacidade;
  • introduzir em outro saco limpo, constituído de material resistente a ruptura ou vazamento e impermeável, de modo que os resíduos fiquem acondicionados em sacos duplos;
  • identificar com os dizeres: “CUIDADO, RESÍDUO INFECTANTE ? COVID – 19”, de modo a evitar problemas para o trabalhador da coleta e para o meio ambiente;
  • descartar em coletores preferencialmente com tampa de acionamento por pedal;
  • se a pessoa estiver em condomínio, é necessário informar ao síndico, aos responsáveis pelas medidas de segurança e higiene do coletor, ou funcionário destinado a essa função;
  • obedecer os limites de peso estabelecidos para os sacos de acondicionamento, pois isto aumenta a garantia de que os sacos vão permanecer íntegros e vão poder ser fechados sem dificuldades, além de proteger a saúde do trabalhador da limpeza pública.
  • não entregar resíduos recicláveis aos catadores, a fim de não expor esses trabalhadores ao risco.

Para mais informações, a Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental ? ABES disponibiliza o documento”Recomendações para a gestão de resíduos em situação de pandemia por Coronavírus (COVID-19)”, neste link: http://abes-dn.org.br/?p=33224

Pular para o conteúdo