Núcleo de Relações Internacionais da Acib promove encontro com representante do governo paraguaio

Núcleo de Relações Internacionais da Acib promove encontro com representante do governo paraguaio
17/11/2021

Núcleo de Relações Internacionais da Acib promove encontro com representante do governo paraguaio

Oportunidades de negócios entre Santa Catarina e Paraguai foram apresentadas na quarta-feira (17) pelo secretário distrital do Governo do Paraguai, Carlos Paredes Astigarraga, em um evento promovido pelo Núcleo de Relações Internacionais da Associação Empresarial de Blumenau (Acib). Segundo o secretário, o país oferece muitas oportunidades para investidores estrangeiros, com vantagens como: 70% da população tem até 35 anos de idade, ambiente apropriado para negócios, legislação simplificada, baixa carga tributária, inflação de 5% ao ano e boas relações diplomáticas. Também citou o fato do Paraguai ser um grande produtor de alimentos para o mundo e importante centro logístico, com serviços de hidrovia.

Além disso, Astigarraga apresentou números que mostram a estabilidade da economia, sendo o principal exportador de energia renovável no mundo e forte também na exportação de carne, erva mate e grãos. “Nossas leis permitem que se façam investimentos lucrativos no país. Temos um mercado aberto e com muitas vantagens, por sermos um país menos desenvolvido industrialmente. Com 8 milhões de habitantes, temos grande potencial de crescimento e geração de empregos”, apontou. Uma grande oportunidade para Santa Catarina, conforme destacou o secretário, seria para a instalação de frigoríficos, uma vez que falta know how nesse segmento no país. Também ressaltou entre os setores em crescimento: automotivo, turismo, tecnologia e infraestrutura.

Presente no evento, o secretário de Desenvolvimento Econômico de Blumenau, Sylvio Zimmermann Neto, destacou o potencial das relações econômicas entre Paraguai e Santa Catarina. “Sabemos que podemos fortalecer muito a nossa relação. A semente plantada aqui hoje pelo Núcleo de Relações Internacionais da Acib certamente irá gerar muitos frutos”, observou.

Maurício Loos, diretor industrial da Altenburg, apresentou o case da empresa, que em 2017 instalou uma planta em Ciudad del Este, no Paraguai. “Entendemos que poderíamos tornar a empresa mais competitiva com essa operação. Produzimos lá capas de algodão e roupas de cama”, contou. Entre as vantagens, citou o baixo custo e qualificação de mão-de-obra, baixa carga tributária, Programa Maquila, baixo custo de energia elétrica e oferta abundante e possibilidade de compra de máquinas e equipamentos com suspensão de impostos.

O cônsul honorário do Paraguai em Blumenau, Valter Roos, também ressaltou importantes investimentos de infraestrutura que estão sendo feitos no país e que beneficiarão as empresas brasileiras com intenção de se instalar no Paraguai.

Pular para o conteúdo