Uma cidade com medo!

Uma cidade com medo!
29/01/2018

Uma cidade com medo!

Artigo de autoria do presidente da Acib, Avelino Lombardi, originalmente publicado em O Município Blumenau.

Nós, que vivemos e amamos nossa Blumenau (incluo-me neste rol, mesmo não sendo natural daqui), nos entristecemos quando constatamos a violência tomar conta das ruas outrora ajardinadas e pacatas. Além disso, nos apavora quando os crimes tomam requintes de crueldade, inimagináveis até bem pouco tempo atrás.

Os índices de violência crescem a cada dia, de forma assustadora. As pessoas já não acreditam mais na segurança pública, não querem nem mais registrar as ocorrências porque acham que ninguém vai dar atenção aos seus pleitos.

O Estado não consegue prover a cidade com um contingente adequado de policiais. Vemos com tristeza a discriminação sofrida por Blumenau, quando é preterida em detrimento de outras cidades polos. Não conseguimos entender por que a distribuição do efetivo é feita dessa forma.

O índice de policiais por habitantes em Blumenau é menor quando comparado a outras cidades com menos habitantes e PIB inferior. Só podemos concluir que os representantes da cidade não gozam de prestígio e não possuem força perante as autoridades legalmente constituídas.

Os governos têm sido abusivamente discriminatórios e desrespeitosos com a nossa querida cidade. Temos um câncer que cresce no meio da população, que é a drogadição. Uma legislação que ameniza a criminalidade e fomenta o crime. Convivemos com as organizações criminosas se digladiando pelo poder.

Os nossos jovens estão sendo recrutados pelos traficantes para se transformar em distribuidores desse flagelo e tornando a vida de suas famílias um verdadeiro inferno. A sociedade, que deveria cobrar dos políticos, fica passiva e muitas vezes participa do aumento da criminalidade, até mesmo sem saber ou sem dar a devida atenção aos produtos que compra sem procedência, se o serviços que contrata são fidedignos e confiáveis, contrata sem checar sem as empresas ou os profissionais estão habilitados para aquele serviço. Assim, ajuda a alimentar a indústria do crime.

É preciso darmos um basta! Vamos voltar a eleger pessoas competentes e comprometidas com as coisas da cidade, levantar o currículo daqueles que nos pedem o voto, nos unir em prol de candidatos regionais e sérios, honestos e de conduta ilibada.

Não se pode mais ver o que está acontecendo e não se fazer nada. Onde está o espírito combativo e exigente do blumenauense? A sociedade precisa reagir e participar. Somos uma referência em desenvolvimento, representamos uma região que tem um PIB de mais de 30% da economia catarinense. Vamos parar de querer resolver tudo sozinhos e exigir o que nos é devido e de direito!

Vamos, nesse próximo pleito eleitoral, nos unir em prol de candidatos que estejam comprometidos com os projetos da nossa cidade. Não vemos mais os policiais fazendo rondas nas ruas de Blumenau, nossos distritos policiais estão em estado deplorável, arrecadamos uma fábula de dinheiro em segurança pública para o Estado e volta muito pouco para fazer frente às nossas necessidades. O complexo prisional está inacabado, faltam o presidio e o semiaberto. Estamos com um efetivo aquém de nossas necessidades nas Polícias Civil, Militar e no Corpo de Bombeiros.

Precisamos nos unir, entidades patronais, laborais e a sociedade como um todo, elevando a voz em busca dos nossos direitos. Não podemos deixar que nos tratem dessa forma. Exigimos mais respeito e que possamos ter dias melhores, sem essa violência toda e sem termos medo de andar pelas nossas ruas. Precisamos participar intensamente do próximo pleito e conseguir efetivamente eleger uma representatividade política à altura da nossa cidade.

A nossa força está na união. Precisamos entender que a mudança começa por nós, vamos aplaudir quem merece, mas criticar e exigir trabalho de quem só promete e nada faz.

Pular para o conteúdo